Cordel da artista popular Rita Lisboa.

Dia de festa no conjunto habitacional Enéas Arruda, no bairro Dias Macedo, em Fortaleza. Cerca de 3 mil pessoas entre moradores e amigos, lideranças comunitárias e integrantes do movimento cultural local participaram neste domingo (03/07) de homenagem ao comunista Enéas Arruda. Lembranças e agradecimentos marcaram a festividade, com destaque para o Cordel da artista popular Rita Lisboa. Leia a seguir a íntegra dos versos:

 

GRANDE ENEAS
Por Rita Lisboa

 

Pra falar desse gigante
Meu pensamento vagueia
Falo de Enéas Arruda
Então minha mente clareia
Não morreu, virou estrela
Em noite de lua cheia.

Muito grande foi Enéas
Pelo nobre coração
Não se negava a servir
A todos estendia a mão
Na sua luta diária
Cada amigo era um irmão.

 

Foi grande pela defesa
Do povo trabalhador
Tratava com igualdade
Do operário ao doutor
Aos humildes amparava
Dando guarida e amor.

Foi grande por defender
A cultura popular
Admirava os artistas
Procurava incentivar
A quem buscava um espaço
Pra sua arte expressar.

Comunista consciente
Não temeu a repressão
Um lutador incansável
Contra toda opressão
E ao PC do Brasil
Foi todo dedicação.

 

Por amigos e parentes
É sempre muito lembrado
Lutar pelo Dias Macedo
É o seu grande legado
A ele o bairro se curva
E diz seu muito obrigado.

Rita Lisboa
03/07/2011

 

Fonte: Literatura de Cordel – Rita Lisboa: Grande Enéas – Vermelho

Portal Vermelho.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X